A ÚLTIMA QUE MORRE


É o que todo mundo diz:A Esperança é a Última que Morre”. Como fazer para mantê-la viva? Antes de responder essa pergunta, uma outra tem de ser respondida primeiro: Por que a esperança morre?



Essa é uma questão, cuja resposta, seja tantas quanto há de seres humanos. Entretanto, há uma história na Bíblia que, apresenta uma causa mortis que, provavelmente, está por detrás da maioria dos óbitos.


No Evangelho S. João 5:2-15. Havia em Jerusalém, no tempo de Jesus, um tanque chamado Betesda, onde, segundo a crença da época, de quando em quando, descia um anjo. O anjo agitava a água do tanque e quem primeiro entrasse nele, enquanto a água era agitada, era curado de toda e qualquer enfermidade.



Você pode imaginar o nível de superlotação do lugar! Entre os enfermos, havia um tetraplégico que já estava neste estado há 38 anos. Pode-se imaginar há quanto tempo ele freqüentava o lugar (já fazia parte da paisagem, pobre homem!).



Jesus aproximou-se dele (talvez ninguém o notasse mais, porém, Cristo o notou) e perguntou-lhe: você quer ser curado?


Sabe o que ele respondeu? Senhor, não tenho ninguém que me ajude a entrar no tanque quando a água é agitada. Enquanto eu estou tentando entrar, outro chega antes de mim”.



Jesus fez uma pergunta e ele respondeu outra. Ele havia perdido a esperança. E por que a perdeu? Por falta da solidariedade humana: não tenho ninguém...”.



Há muito milagre esperando por solidariedade humana para acontecer. E a ausência desta é, a mais incidente causa mortis da esperança.



O pior é que quanto mais observamos a sociedade em que vivemos, mais e mais nos damos conta da escassez progressiva da solidariedade.



Como evitar a morte da esperança? Lembrar que há uma solidariedade que nunca desaponta: a Divina. não tenho ninguém” – disse Deus em Cristo Jesus. Jesus o curou.



Não Perca a Esperança. Por que? Porque desde há mais de 2000 anos, Jesus Cristo está passando por aqui: ouvindo aos que ninguém mais ouve; notando aos que ninguém mais nota; socorrendo aos que ninguém mais socorre. Gerando até mesmo solidariedade entre os homens. É o que a Bíblia chama de tempo da Graça.


Clame a Jesus Cristo, ele está mais perto do que você imagina. A Esperança conquistada na Cruz do Calvário por Jesus é Eterna; não há quem possa arrancá-la das nossas mãos, se nela confiarmos.

POSTAGEM MAIS ACESSADAS:

O OBREIRO E A ÉTICA NO PULPITO

O TABERNÁCULO E SUAS MEDIDAS:

EXISTEM 4 TIPOS DE TEMPERAMENTOS! VOCÊ CONHECE SEU TEMPERAMENTO?

PASSOS DA FÉ - Marcos 11:22 - 24

AGEU - O PROFETA DA CONSTRUÇÃO DO TEMPLO