A FAMÍLIA E SEUS INIMIGOS

www.prnatanaelsp.com.br
I Tm. 5:8 – SE ALGUÉM NÃO CUIDA DE SEUS PARENTE, E ESPECIALMENTE DOS DE SUA PROPRIA FAMILIA, NEGOU A FÉ E É PIOR QUE UM DESCRENTE.

INTRODUÇÃO:

Há muitos inimigos fora do lar que prejudicam a vida familiar, mas, às vezes, esquecemos que dentro do próprio lar existem fatores perniciosos que causam problemas e dificuldades e atrapalham os relacionamentos familiares.

Desde o Jardim do Éden o inimigo da nossa alma tem tentado destruir o lar com provocações exteriores e interiores. Alguns fatores que contribui para destruição do lar.

CIÚMES E COMPETIÇÃO NO LAR

É muito triste quando no lar existe ciúme entre os irmãos. As vezes o ciúme é provocado pelo pais que demonstram uma preferência por um filho em detrimento do outro.

Foi justamente isso que aconteceu no lar de Isaque e Rebeca. Isaque gostava mais de Esaú e a Rebeca preferia Jacó. Talvez Isaque mostrasse preferência por Esaú porque representava aquilo que ele no fundo queria ter sido – um rapaz corajoso e valentão, enquanto o próprio Isaque era mais pacato.

Essa preferência do pai para com o irmão causou um problema sério em Jacó, que era mais caseiro, gastava mais tempo com a mãe, tornando-se assim o predileto dela.

Gn. 25:27 – 28 – OS MENINOS CRESCERAM. ESAÚ TORNOU-SE CAÇADOR HABILIDOSO E VIVIA PERCORRENDO OS CAMPOS, AO PASSO QUE JACÓ CUIDAVA DO REBANHO E VIVIA NAS TENDAS. – ISAQUE PREFERIA ESAÚ, PORQUE GOSTAVA DE COMER DE SUAS CAÇAS; REBECA PREFERIA JACÓ.

O resultado foi frustração da parte dos dois filhos. A Falta de amor e segurança na infância pode afetar todo o futuro de um ser humano, por isso os pais tem de tomar cuidado e não dar motivo para a raiz de amargura e ciúme brotar entre os filhos.

Os filhos de Isaque e Rebeca estavam constantemente competindo um com outro. Gn. 25:31, quando Jacó vendeu um prato de sopa para seu irmão faminto. Mas tarde, Jacó conseguiu com a ajuda da mãe a bênção do pai, que por direito seria de Esaú levou-o ao ponto de querer matar seu irmão.

O resultado foi que Jacó teve de fugir de casa para salvar a sua pele – nunca mais Rebeca viu seu filho predileto.

Gn. 27:41 – ESAÚ GUARDOU RANCOR CONTRA JACÓ POR CAUSA DA BÊNÇÃO QUE SEU PAI LHE DERA. E DISSE A SI MESMO: “OS DIAS DE LUTO PELA MORTE DE MEU PAI ESTÃO PROXIMOS; ENTÃO MATAREI MEU IRMÃO JACÓ”.

Infelizmente, esta história se repete muitas vezes hoje em dia, até nos lares da igreja.

Um irmão não está disposto a ajudar o outro, até cobra quando é preciso dar uma mãozinha. As vezes o pai ou mãe vê num filho uma qualidade ou característica que eles gostariam de ter e admiram o filho por isso em detrimento do outro.

Às vezes, o pai ou a mãe vê um filho como espelho de si mesmo, fazendo tudo do jeitinho que eles querem, e aquele filho se torna o predileto.

Cuidado, pais! A Bíblia nos fala no Sl. 127:3 – OS FILHOS SÃO HERANÇA DO SENHOR, UMA RECOMPENSA QUE ELE DÁ. Temos de aceitar cada filho do jeito que ele é, e demonstrar amor e afeto pra todos igualmente.

Quando os pais fazem comparação entre os filhos, isso leva os filhos a competir um contra outro. Essa competição não é sadia e leva a frustração e ciúme. A Ordem de Deus para os país em - Ef. 6:4 – PAIS... ANTES CRIEM-NOS SEGUNDO A INSTRUÇÃO E O CONSELHO DO SENHOR.

Quando mostramos preferência por um filho, irritamos os outros e os deixamos desanimados – Cl. 3:21 – PAIS, NÃO IRRITEM SEUS FILHOS, PARA QUE ELES NÃO DESANIMEM.

INTRIGAS E RANCOR NO LAR

É muito triste quando no lar um filho tenta passar a perna no outro e tirar vantagens para si mesmo. Parece que a família do Rei Davi, aquele homem “segundo o coração de Deus”, era assim.

Davi tinhas muitas qualidades desejáveis – eram bom rei e administrador, poeta e temente a Deus, mas parece que na criação dos filhos foi um fracasso. Houve tantas brigas, intrigas e rancor entre os filhos de Davi!

Parece que Davi preferiu ignorar os problemas na esperança que se dissipassem por si mesmos. Quantos pais são assim hoje! Fingem que não vêem os problemas para não precisar tomar a iniciativa de resolve-los.

1) ABSALÃO E AMNOMII Sm. 13:1-36

Absalão e Amnom eram irmãos por parte de pai. Absalão tinha uma irmã chamada Tamar, que era muito bonita, e seu meio irmão, Amnom, se apaixonou por ela.

Em vez de falar com seu pai para arranjar um casamento com Tamar, Amnom procurou o conselho de um amigo e arrumou um plano para levar a moça para seu quarto.

Depois de força-lá a ter relações sexuais com ele, a Bíblia diz que “II Sm. 13:15 – LOGO DEPOIS AMNOM SENTIU UMA FORTE AVERSÃO POR ELA, MAIS FORTE QUE A PAIXÃO QUE SENTIRA. E LHE DISSE: LEVANTE-SE E SAIA”!

Absalão levou a desolada moça ficar na sua casa. Em vez de falar com Amnom, Absalão guardou rancor no seu coração e resolveu esperar a vingança.

O Pai, Davi, soube o que aconteceu, mas se omitiu – ficou com raiva, mas não chamou a atenção de Amnom. Parece que não fez nada para ajudar sua filha e restaurar a sua auto-imagem.

Será que Davi não soube da raiva de Absalão? Não conhecia os filhos? Davi não fez absolutamente nada para consertar a situação! Quantos pais omissos existem hoje em dia, também!

Absalão esperou dois anos para obter a vingança! Organizou uma festa com a presença de todos os filhos de Davi e deu ordens para matar Amnom.

A Noticia que TODOS os filhos do rei morreram chegou logo a Davi, mas alguém astuto lhe disse que nem todos morreram, apenas Amnom, “II Sm. 13:32 – MAS JONADABE, FILHO DE SIMÉIA, IRMÃO DE DAVI, DISSE: “NÃO PENSE O MEU SENHOR QUE MATARAM TODOS OS SEUS FILHOS. SOMENTE AMNOM FOI MORTO. ESA ERA A INTENÇÃO DE ABSALÃO DESDE O DIA EM QUE AMNOM VIOLENTOU TAMAR, IRMÃ DELE”.

É interessante que outra pessoa, Jonadabe, notou quanto Absalão odiava seu irmão, enquanto o pai não percebeu ou não tomou uma atitude!

As vezes, pessoas de fora podem ver com mais facilidade e objetividade os problemas da família. É triste ver como Davi enterrou sua cabeça na areia!

Devi ter chamado toda a família para resolver logo o problema, mas deixou a raiz de rancor crescer no seio da família.

2) ADONIAS E SALOMÃOI Rs. 1:5-53; 2:13-25

Adonias e Salomão também eram irmãos por parte do pai, Davi. O trono tinha sido prometido a Salomão, mas Adonias era mais velho e disse: I Rs. 1:5 – ORA, ADONIAS, CUJA MÃE SE CHAMAVA HAGITE, TOMOU A DIANTEIRA E DISSE:”EU SEREI O REI...”.

Sem dúvida, o rei Davi, mesmo velho, ouviu o que Adonias estava fazendo, mas não chamou a atenção do seu filho: I Rs. 1:6 – SEU PAI NUNCA O HAVIA CONTRARIADO; NUNCA LHE PERGUNTAVA: “POR QUE VOCÊ AGÊ ASSIM?...”.

Às vezes é mais cômodo para os pais não contrariarem o filho. A Ordem de Deus para os pais é criar os filhos: “Ef. 6:4b – PAIS... ANTES CRIEM-NOS SEGUNDO A INSTRUÇÃO E O CONSELHO DO SENHOR”. Temos a responsabilidade de chamar a atenção dos filhos quando for necessário!

Mais uma vez vemos intriga no palácio real – Bate-Seba e o Profeta Natã arrumaram um esquema para Davi anunciar que Salomão, filho de Bate-Seba, seria rei. Quando Salomão foi aclamado rei, Adonias ficou com medo dele e correu para refugiar-se no Altar (I Rs. 1:50).

Salomão garantiu sua segurança e permitiu que Adonias voltasse para casa. Mas, após a morte de Davi, Adonias mostrou todo seu rancor quando falava a Bate-Seba: I Rs. 2:15, 16 – VOCÊ SABE, DISSE ELE, QUE O REINO ERA MEU. TODO O ISRAEL ME VIA COMO O SEU REI. MAS AS CIRCUSTÂNCIAS MUDARAM E O REINO FOI PARA O MEU IRMÃO; POIS O SENHOR O CONCEDEU A ELE. - AGORA QUERO FAZER-LHE UM PEDIDO E ESPERO QUE NÃO ME SEJA NEGADO.

Salomão, porém, viu neste pedido todo o rancor e ciúme no coração do seu irmão e resolveu matá-lo.

Cuidado para que não haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados.

INDIVIDUALISMO E INDIFERENÇA NO LAR

Vivemos num mundo super competitivo que diz que temos de procurar os nosso direitos, não importa se pisamos ou não nos outros para consegui-los.

Este mundo é muito egoísta e as pessoas querem em primeiro lugar muitas vezes a sua realização pessoal. Existe uma indiferença quanto ao bem comum.

No sei familiar este egoísmo e procura dos direitos pessoais podem provocar muitos problemas.

A Parábola do Filho Pródigo Lc. 15:11-32:

Nesta parábola vemos como o individualismo e a indiferença tomam controle de jovens.

1) O FILHO MAIS NOVO:

Este filho em vez de pensar no bem do seu pai e da família pensou exclusivamente em si e sua realização pessoal.

Pediu o dinheiro que ganharia na morte do pai, mostrando total falta de consideração pelo pai. Parece que o filho mais novo nem mandou noticias para casa.

Quanto jovens hoje em dia querem ser donos do próprio nariz e saem de casa, sem manter contato com os pais, deixando-os super preocupados, enquanto os filhos nem se importam – estão num vida boa, divertindo-se com muitos amigos.

Ef. 6:1 – 3 – FILHOS, OBEDEÇAM A SEUS PAIS NO SENHOR, POIS ISSO É JUSTO. - HONRA TEU PAI E TUA MÃE – ESTE É O PRIMEIRO MANDAMENTO COM PROMESSA – PARA QUE TUDO TE CORRA BEM E TENHAS LONGA VIDA SOBRE A TERRA.

Mas o “filho pródigo” logo viu que seus “amigos” eram apenas pessoas interesseiras e egoístas. Enquanto o dinheiro era abundante, tudo ficou bem para ele, mas quando o dinheiro acabou os falsos amigos sumiram.

Este é um retrato dos dias em que nós vivemos! Quantos jovens desejam ser livres para fazer o que querem, do jeito que querem, sem restrições paternas!

E como sofrem, mas como os pais sofrem, também! Esse individualismo é um dos grandes inimigos da lar hoje em dia.

Finalmente o filho pródigo caiu em si e resolveu voltar para o velho pai, que com alegria o recebeu de volta!

2) O IRMÃO MAIS VELHO:

Parece que este era indiferente à situação do seu irmão. Não se importava com seu sofrimento – Afinal de contas foi a escolha do seu irmão mais novo, então ele que se danasse!

Talvez se preocupasse co a possibilidade de ter de dividir a sua parte da herança com o irmão, no futuro! Assim, quando o irmão voltou para casa, ele não demonstrou nenhuma alegria.

Parece também que ele não se importava muito com todo o sofrimento do pai durante a ausência do irmão. Era indiferente ao sofrimento do pai e agora indiferente à alegria do pai.

Quantas vezes na família vemos situações semelhantes. Um filho é super egoísta e negligencia a família, pensando somente em seu próprio bem-estar, enquanto o outro fica perto dos pais, ajudando.

Mas quando o “prodigo” volta ao lar, não há alegria e sim, auto Piedade e indiferença.

CONCLUSÃO:

Infelizmente o ser humano é uma criatura muito egoísta, indiferente as necessidades materiais e emocionais das outras pessoas, mesmo da própria família.

I Tm. 5:8 – SE ALGUÉM NÃO CUIDA DE SEUS PARENTE, E ESPECIALMENTE DOS DE SUA PROPRIA FAMILIA, NEGOU A FÉ E É PIOR QUE UM DESCRENTE.

POSTAGEM MAIS ACESSADAS:

O OBREIRO E A ÉTICA NO PULPITO

EXISTEM 4 TIPOS DE TEMPERAMENTOS! VOCÊ CONHECE SEU TEMPERAMENTO?

O TABERNÁCULO E SUAS MEDIDAS:

AGEU - O PROFETA DA CONSTRUÇÃO DO TEMPLO

PASSOS DA FÉ - Marcos 11:22 - 24