Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

A IGREJA E AS ALIANÇAS POLITICAS

Imagem
O pastor é um líder religioso que está diretamente em contato com o público. Apesar de política não ter nada a ver com religião, alguns pastores acabam se candidatando e exercendo cargos políticos ou fazendo alianças com políticos. Mas afinal, você concorda com toda esta mistura? Será que esta aliança ou mistura realmente é bom para o Evangelho de Cristo? Será que é benéfico esta mistura?

Penso que algumas questões graves contribuem para que pastores, pregadores, ensinadores, líderes cristãos em geral e algumas igrejas silenciem diante das injustiças sociais em nossos dias.

Lideres de diversas igrejas fazem a cada eleição alianças com candidatos e políticos corruptos, ladrões, devassos e arrogantes. Se vendem e negociam o voto da igreja em troca de favores como terrenos, comissões, cargos para familiares, parentes e amigos, ajuda para realização de festividades ou obras.

Nestas questões, há uma verdadeira promiscuidade em nossos dias. Ao fazerem tais alianças, estes líderes ou igrejas p…

GENTE CANSADA DE IGREJA

Imagem
Seja pelo falso mito dos "súper-crentes", o excesso de trabalho e/ou a alta expectativa e exigências das pessoas, vivemos dias em que somos pressionados (e porque não dizer "apressados") a fazer e ser o que esperam de nós. Resultado: Gente cansada! Gente decepcionada! 
Por isto e por outros fatores, há muita gente cansada de igreja também, gente que logo ficará cansada de Deus, gente que logo se afastará de Deus, às vezes irremediavelmente. 
Refletindo sobre esta situação é que entrevistamos o Pr. Israel Belo de Azevedo, graduado em Jornalismo, mestre em Teologia, doutor em Filosofia e autor de livros, como O Prazer da Produção Científica, Olhar de Incerteza e Gente Cansada de Igreja. 
Pastor da Igreja Batista de Itacuruça, no Rio de Janeiro e diretor do Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil. 
Em sua opinião, o que leva tanta gente a desistir de freqüentar uma igreja? 
Os fatores são internos e externos. Por internos, eu me refiro à própria condição do desist…

A QUESTÃO DO DÍZIMO

Imagem
INTRODUÇÃO

Muitos Cristãos entregam 10% de suas rendas nas Igrejas locais, e não estão qualificados como dizimistas, de acordo com o modelo Bíblico. Pagam como quem paga a impostos ou ofertam em busca de reconhecimento dentro de seu grupo religioso.

Mas como se pode entregar 10% (porcentual que corresponde ao dízimo) e não ser dizimista? No Cristianismo, ser dizimista é muito mais do que o simples fato de entregar parte do seu ordenado. Acima de tudo, é uma questão de Fé.
“Para que Deus quer 10% do meu salário, se tudo o que tenho e o que ganho são dádivas de Deus para minha vida?” Muitos cristãos têm se feito essa pergunta.

Nós não dizimamos porque Deus precisa do nosso dinheiro. Antes, fazemos isso porque o dono do nosso dinheiro disse: “TRAZEI TODOS OS DÍZIMOS À CASA DO TESOURO...”, Ml. 3:10. Para a doutrina do dízimo no Novo Testamento, seria: “TRAZEI 10% DA TUA RENDA À MINHA IGREJA”, procedimento confirmado por Jesus: “... DEVES TRAZER O DIZIMO...”, Mt. 23:23. Alguém disse: Não impor…

DOUTRINA DA ADOÇÃO

Imagem
O QUE É ADOÇÃO?

Judicial - É o processo pelo qual uma criança é trazida e aceita numa familia, quando por natureza não tinha direito algum de pertencer àquela familia.

Espiritual - É baseada neste mesmo principio, de uma forma mais abrangente no seu alcance e finalidade.

Depois que o homem, que por natureza é filho da ira, Crê em Cristo, é feito filho de Deus, e passa a ter os direitos e privilégios inerentes àquela posição:

1) o privilegio da filiação, de ser membro da familia de Deus,
2) e o direito de ser herdeiro de Deus,
3) e co-hedeiro com Cristo.

O CRENTE COMO FILHO DE DEUS

O relacionamento filial do crente com Deus é independente do tempo. Não é uma esperança futura, mas um Usufruto presente.

I Jo. 3:2 - AMADOS, AGORA SOMOS FILHOS DE DEUS, E AINDA NÃO SE MANIFESTOU O QUE HAVEMOS DE SER, MAS SABEMOS QUE, QUANDO ELE SE MANIFESTAR, SEREMOS SEMELHANTES A ELE, POIS O VEREMOS COMO ELE É.

Um dos privilégios que goza o filho de Deus diz respeito “à estreita comunhão” que ele goza com o seu Pai …

O PROFETA AMÓS E A SUA MENSAGEM

Imagem
INTRODUÇÃO:

Amós viveu durante os Reinados de Uzias, rei de Judá (779-740 AC.) e de Jeroboão II, Rei de Samaria (783-743 AC.). Uzias e Jeroboão II reinaram paralelamente por trinta e seis anos (779-743 A C.). 
Durante parte desse tempo o culto a Baal fora adotado, e muitas práticas abomináveis da idolatria ainda predominavam. Deus enviara Elias, depois Eliseu, mas sem nenhum efeito sobre o povo que, endurecido pela idolatria e perversidade, descambava veloz para a ruína. Foi, então, que Deus levantou Amós, num último esforço de frear a nação.
Esta profecia foi proferida uns 30 anos antes da queda de Israel.


A ÉPOCA DE AMÓS

Para entender as palavras do profeta, vamos conhecer o povo que ele contemplava e os aspectos marcantes:
Sociedade - A prosperidade estava presente na sociedade; mas as injustiças, também. Os ricos tinham suas casas de luxo (Am. 3:15); as mulheres esbanjavam roupas finíssimas, perfumes caríssimos, bolsas de fina confecção e muito dinheiro (Am. 4:1). 
Todavia o pobre estav…