POR QUÊ PRECISO DE SALVAÇÃO?


Porque todos pecaram contra Deus e estão sujeitos às consequências do pecado. Pecado é todo pensamento, ato ou palavra contrários à vontade de Deus.

Destituídos da Glória de Deus

Rm 3:23 – POIS TODOS PECARAM E ESTÃO DESTUÍDOS DA GLÓRIA DE DEUS. - Ser destituído é o mesmo que ser demitido, deposto de um cargo ou posição, ser privado de autoridade e dignidade.

Este versículo de Romanos mostra-nos a queda do homem, que tendo sido criado para uma alta posição diante de Deus (posição de filhos), perdeu pelo pecado esta condição bem como a dignidade e sua autoridade espiritual. O homem passa a ser, a partir dali, apenas uma criatura de Deus e não mais filho de Deus.

Desta destituição do estado de Glória que o homem tinha em Deus, tornou-se um ser decadente e desta decadência surgiram consequências gigantescas a nível mundial: guerras, fome, violência, degradação moral, AIDS etc.

Separados de Deus

Is 59:1, 2 – VEJAM! O BRAÇO DO SENHOR NÃO ESTÁ TÃO ENCOLHIDO QUE NÃO POSSA SALVAR, E O SEU OUVIDO TÃO SURDO QUE NÃO POSSA OUVIR. – MAS AS SUAS MALDADES SEPARARAM VOCÊS DO SEU DEUS; OS SEUS PECADOS ESCONDERAM DE VOCÊS O ROSTO DELE, E POR ISSO ELE NÃO OS OUVIRÁ. -  Deus não pode suportar o pecado, pois a santidade de Deus não é somente um atributo seu, mas sim a sua natureza.

Pedir para Deus aceitar o pecado seria o mesmo que pedir para que você parasse de respirar e mesmo assim continuasse vivo! Uma das piores consequências do pecado é a separação que ele causa entre nós e Deus! O homem não tem condições de viver sem Deus.

Não pode ser feliz plenamente e seu poder de decisão é normalmente voltado para o mal. Portanto, Deus não consegue abrigar um homem com pecado, e o homem não pode viver sem Deus. Então, a solução é o homem deixar de ser pecador.

Mortos espiritualmente

Rm 6:23 – POIS O SALÁRIO DO PECADO É A MORTE, MAS O DOM GRATUITO DE DEUS É A VIDA ETERNA EM CRISTO JESUS, NOSSO SENHOR.

O homem é formado de corpo, alma e espírito. O corpo é a parte física, matéria.

A alma é o nosso consciente, nossa personalidade (persona), nossa mente, o nosso "eu" propriamente dito. É na alma que estão nossos sentimentos, emoções; é a alma que dá vida ao corpo.

O espírito é a parte do homem que lhe permite ligação com Deus. Todo relacionamento entre Deus e o homem é feito através do espírito do homem. A identidade do homem com a Glória de Deus é o seu espírito. Por isso o termo Homem Espiritual. O espírito está ligado indivisivelmente à alma, todavia, quando o homem está em estado de pecado, o seu espírito está inativo, morto (Ef 2:5).

O estágio final da morte espiritual é o inferno, onde o homem estará definitivamente separado da presença de Deus e sofrerá a punição pelos seus pecados (Ap 20:11-15).

Condições para salvação

A salvação que herdamos de Cristo é definitiva (Hb 9:28 – ASSIM TAMBÉM CRISTO FOI OFERECIDO EM SACRIFICIO UMA ÚNICA VEZ, PARA TIRAR OS PECADOS DE MUITOS; E APARECERÁ SEGUNDA VEZ, NÃO PARA TIRAR O PECADO, MAS PARA TRAZER SALVAÇÃO AOS QUE O AGUARDAM.) e exclusiva (At 4:12 – NÃO HÁ SALVAÇÃO EM NENHUM OUTRO, POIS, DEBAIXO DO CÉU NÃO HÁ NENHUM OUTRO NOME DADO AOS HOMENS PEO QUAL DEVAMOS SER SALVOS.). Assim sendo, a Bíblia enfatiza o perigo de negligenciarmos esta salvação, quer descrendo-a, protelando-a ou a achando insuficiente, julgando ser necessária a ajuda de "santos, guias ou obras" (Hb 2:3 – COMO ESCAPAREMOS, SE NEGLIGENCIARMOS TÃO GRANDE SALVAÇÃO? ESTA SALVAÇÃO, PRIMEIRAMENTE ANUNCIADA PELO SENHOR, FOI-NOS CONFIRMADA PELOS QUE A OUVIRAM.).

Resta-nos, porém, cumprir “3” requisitos para que possamos alcançar a salvação em Jesus Cristo que está à disposição de toda a humanidade:

Crer

Crer no sacrifício e ensinamentos dados por Jesus. Uma das últimas palavras ditas por Jesus aqui na terra: "...aquele que crer será salvo".

Mc 16:15-16 -E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.” Esta passagem mostra-nos a primeira exigência para tomarmos posse da salvação: crer.

Há muita confusão com esta palavra crer. A maioria das pessoas confundem crer com simplesmente acreditar.

Se sairmos entrevistando pessoas na rua, a maioria afirmará que Jesus morreu na cruz; no entanto, a grande maioria destas pessoas ainda não são salvas. Por quê?

Porque crer significa aceitar o sacrifício de Jesus como tendo sido em meu lugar e aceitar seus ensinamentos num todo.

Este crer chama-se .

significa permanecer nos ensinamentos de Cristo, por toda a vida. Isto significa, também, que alguém pode ganhar a salvação e depois a perder.

Arrepender-se

Arrepender-se dos pecados cometidos.

At 2:37-38 -E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos? Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.”

Arrependimento, na Bíblia, não tem simplesmente o sentido de constrangimento ou remorso pelos pecados cometidos. Antes, o seu sentido é muito aprofundado e toma o significado de mudança de direção.

Arrependimento significa reconhecer que nossas atitudes, palavras ou pensamentos foram pecaminosos, que transgrediram a vontade de Deus e, portanto, abandonar tais pecados.

Se, por acaso, viermos a pecar com os mesmos erros ou outros, devemos pedir perdão a Deus, como nos ensinou Jesus na oração do Pai Nosso: “... e perdoa as nossas ofensas...", e Jesus intercederá por nós ao Pai, perdoando-nos.

I Jo 2:1 - “Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; mas, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.”

I Jo 1:9 - “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.”

Arrependimento ocupa-se com o pecado e o remorso. Alguém disse: Arrependimento é sentir remorso a ponto de deixar o pecado.

Há três elementos que constituem o arrependimento, segundo as Escrituras: intelectual, emocional e prático. Podemos ilustrá-los da seguinte maneira:

1) Conhecimento Intelectual: O viajante que descobre que está viajando em trem errado. A pessoa compreende através da pregação da Palavra que não está em harmonia com Deus.

2) Lado emocional do arrependimento: O viajante fica incomodado com a descoberta. É uma auto-acusação e tristeza sincera por ter ofendido a Deus. II Co 7:10 - “Porque a tristeza segundo Deus produz arrependimento para a salvação, que a ninguém não traz pesar; mas a tristeza do mundo produz a morte."

3) Resultado Prático: Na primeira oportunidade o viajante deixa esse trem e embarca no trem certo. Significa “mudar de idéia ou de propósito”. O pecador arrependido propõe mudar de vida e voltar a Deus. O resultado prático é que ele produz: frutos dignos do arrependimento. Mt 3:8 - Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento,...”

O arrependimento necessário para Deus perdoar seus pecados é o arrependimento prático.

Confessar

Confessar o Senhorio de Jesus Cristo. Jesus não quer agentes secretos cristãos, ele quer testemunhas que confessem para o mundo que Jesus Cristo vive em suas vidas.

Rm 10:9-10SE VOCÊ CONFESSAR COM SUA BOCA QUE JESUS ´SENHOR E CRER EM SEU CORAÇÃO QUE DEUS O RESSUSCITOU DENTRE OS MORTES, SERÁ SALVO. – POIS COM O CORAÇÃO SE CRÊ PARA JUSTIÇA, E COM A BOCA SE CONFESSA PARA SALVAÇÃO.

Paulo nos diz que a confissão de nossos lábios deve ser a de que Jesus é o Senhor. "Senhor", no tempo dos apóstolos era uma palavra vinda do grego "Kuriós", que significa: "Senhor soberano, dono de tudo, inclusive das vidas".

Confessar Jesus Cristo como Senhor é colocarmo-nos debaixo de sua direção e ordem.

É reconhecer que Jesus é o dono de nossas vidas, e que, portanto, se nos colocamos nas suas mãos, Ele se responsabilizará por nos proteger a vida. Até mesmo o louvor verdadeiro, só pode vir de pessoas que confessem o Seu Nome.

Hb 13:15 - “Por meio de Jesus, pois, ofereçamos a Deus, sempre, sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o seu nome.”

Confessar não é simplesmente pronunciar palavras, mas sim, uma forte convicção e condição de afirmar algo.

Conclusão

Não pode haver fé sem arrependimento e nem arrependimento sem fé. Ambos acompanham o crente durante sua vida cristã, e unem o crente ao Cristo Vivo.

Essa união com o Autor da vida resulta em transformação do coração.

Que julgamento faríamos da pessoa que sempre se vestisse de roupa imaculada, mas nunca lavasse o corpo?

Incoerente, diríamos. Mas não menos incoerente é a pessoa que alega estar salva, vestida de justiça de Deus, e ao mesmo tempo vive de modo indigno para com Cristo.

Tem fé, arrependeu-se, mas não confessa isto para ninguém??!!!

POSTAGEM MAIS ACESSADAS:

O OBREIRO E A ÉTICA NO PULPITO

O TABERNÁCULO E SUAS MEDIDAS:

EXISTEM 4 TIPOS DE TEMPERAMENTOS! VOCÊ CONHECE SEU TEMPERAMENTO?

PASSOS DA FÉ - Marcos 11:22 - 24

O CRENTE E O USO DA GRAVATA E O PALETÓ!

AGEU - O PROFETA DA CONSTRUÇÃO DO TEMPLO

ETIQUETA E AS BOAS MANEIRAS NO CULTO

ÉTICA DO OBREIRO E O RELACIONAMENTO ENTRE SEUS COLEGAS

ESTATUTO DO CONSELHO DE PASTORES E LÍDERES EVANGÉLICOS DE VARGEM GRANDE PAULISTA - COPLEV