POR QUE SOU PROVADO E POR QUE TENHO QUE PASSAR POR ESTE PROCESSO?



Tiago 1:2 - "...MEUS IRMÃOS, TENDE POR MOTIVO DE TODA ALEGRIA O PASSARDES POR VÁRIAS PROVAÇÕES,..."

II Cor. 4:8 -  EM TUDO SOMOS ATRIBULADOS, MAS NÃO ANGUSTIADOS; PERPLEXOS, MAS NÃO DESESPERADOS; PERSEGUIDOS, MAS NÃO DESAMPARADOS; ABATIDOS, MAS NÃO DESTRUÍDOS.”

O que significa provação? O que significa ser aprovado? O que é ser tentado? O que é suportar? E o que significa "Ser provado por Deus"?

Provação – do grego "peirasmos", "colocado à prova" (pela experiência do bem, pela experiência do mal, solicitação, disciplina ou provocação, adversidade) é algo que traz bênção, que traz felicidade, para aqueles que obedecem, suportam, perseveram pacientemente a prova. 

Aprovado  – do adjetivo grego dókimos – digno, aprovado. Há, portanto indicação de qualidade, qualificação, e não de ação verbal no particípio. Seria melhor traduzido: “o aprovado”, em vez de “tendo sido aprovado”. O sentido é o do metal que foi provado pelo fogo e passou no teste, revelando a sua boa qualidade.

Tentação - é de origem satânica e carnal - Mateus 4:1, João 13:2, Tiago 1:14 - seu objetivo é fazer o crente abandonar a vontade do Eterno. Visa sempre o mal (tirar-nos da dependência do Eterno - Mateus. 4:3-6, 8-9. Não é pecado em si (Yeshua foi tentado) - Hebreus. 4:15. Pode ser definida como aquele impulso inicial que a pessoa sente para cometer pecados - Romanos. 7:18,19. É procurar seduzir alguém para o pecado, persuadir a tomar um caminho errado. 

Suporta  – upomenei, no grego, que significa suportar, perseverar – verbo na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo ativo, da mesma raiz do substantivo upomoné – perseverança, paciência, constância.

Ser provado significa basicamente um crente em Cristo, fiel ao Senhor, vivenciar uma ou mais privações ou situações adversas de intensidade considerável, por um período de tempo determinado pelo Senhor, com o objetivo de evidenciar, na vida do crente, uma ou mais características ligadas a sua fé (perseverança, dependência em Deus, paciência, fidelidade, domínio próprio, etc).

Como é difícil se alegrar em momentos que estamos sendo provados não é mesmo? A bem da verdade é que nos momentos de sofrimento a vontade que dá é de chorar, se entristecer e até protestar contra Deus e o mundo!

Mas, se a Palavra de Deus manda nos alegrarmos é porque o próprio Deus nos capacitará a procedermos de tal modo e jamais vai permitir que passemos por alguma adversidade que não possamos suportar, antes, nos proverá escape para que a possamos suportar, "NÃO VOS SOBREVEIO TENTAÇÃO QUE NÃO FOSSE HUMANA; MAS DEUS É FIEL E NÃO PERMITIRÁ QUE SEJAIS TENTADOS ALÉM DAS VOSSAS FORÇAS; PELO CONTRÁRIO, JUNTAMENTE COM A TENTAÇÃO, VOS PROVERÁ LIVRAMENTO, DE SORTE QUE A POSSAIS SUPORTAR" - I Coríntios 10.13.

É preciso deixar bem claro que provação não é tentação. Deus a ninguém tenta, é o que diz a Bíblia; cada um de nós é tentado por nossas próprias concupisciências, por nossas cobiças interiores. Na prova, as nossa real natureza surge, aflora, ficando evidente o nosso real estado espiritual; nesse processo, fica muito claro quais são as nossas dificuldades interiores, as nossas tentações, as quais devemos orar e resistir para não cairmos em pecado e em condenação. Tiago declara: "NINGUÉM, SENDO TENTADO, DIGA: SOU TENTADO POR DEUS; PORQUE DEUS NÃO PODE SER TENTADO PELO MAL E ELE A NINGUÉM TENTA. CADA UM, PORÉM, É TENTADO, QUANDO ATRAÍDO E ENGODADO PELA SUA PRÓPRIA CONCUPISCÊNCIA; ENTÃO A CONCUPISCÊNCIA, HAVENDO CONCEBIDO, DÁ À LUZ O PECADO; E O PECADO, SENDO CONSUMADO, GERA A MORTE." - Tg 1.13-15

O objetivo final da prova é, invariavelmente, sermos aprovados por Deus - quer naquela prova específica, quer num contexto mais amplo - ainda que nem sempre o crente obtenha a aprovação. Todas as coisas cooperam para o nosso bem, inclusive as provas. Sobre isso, Tiago declara: "BEM-AVENTURADO O HOMEM QUE SUPORTA A PROVAÇÃO; PORQUE, DEPOIS DE APROVADO, RECEBERÁ A COROA DA VIDA, QUE O SENHOR PROMETEU AOS QUE O AMAM." - Tg 1.12.  A recompensa da prova, aqui revelada, é tanto presente quanto futura; o homem que se mantém firme é verdadeiramente feliz agora, mas também receberá a coroa da vida.

A prova traz consigo abundância de lágrimas; ela deve produzir em nós abundância de orações intensas, de busca incessante de Deus e de renovação e estreitamento da comunhão no Corpo.

Fugir da prova é impossível; você só poderá ser aprovado ou reprovado, nunca evitar a prova. Assim, se você está sendo provado(a) por Deus, entregue-se imediatamente nas mãos Dele, em orações e súplicas no Espírito Santo. Essa prova não vai destruir a sua vida, nem arruinar os seus sonhos e projetos. Ela vai aperfeiçoar a sua vida! Isso mesmo: a prova serve para seu treinamento para a Obra de Deus. Ela ensina, na prática, aqueles valores e caráter grandiosos que todos nós devemos possuir, como a humildade. Somente debaixo da potente mão de Deus é que vemos a nossa pequenez, a nossa fragilidade e a inutilidade e loucura da soberba e do orgulho. São nesses momentos que aprendemos, na prática, que aquele que se orgulha é falto de entendimento, de juízo.

Do mesmo modo, aprendemos que a Igreja tem um papel primordial em nossa vida cristã, pois é nela que recebemos o consolo do Espírito a partir da comunhão com nossos irmãos; é nela que somos fortalecidos pelas orações e pela Palavra de Deus, é nela que tudo o que outrora parecia estranho passa a fazer sentido diante dos nossos olhos.

Tiago 1:12 - "BEM-AVENTURADO O HOMEM QUE SUPORTA A PROVAÇÃO; PORQUE, DEPOIS DE APROVADO, RECEBERÁ A COROA DA VIDA, QUE O SENHOR PROMETEU AOS QUE O AMAM."

SITUAÇÕES EM QUE O CRENTE É PROVADO:

QUANDO ESTÁ SÓ -  (Mt.4:1-2) Nessa hora, o crente tem uma sensação de impunidade. Acha que, porque está só, pode fazer o que contraria a Palavra de Deus. Jesus estava sozinho no deserto. Foi nesta hora que o Diabo o tentou José que também estava só quando foi tentado pela mulher de Potifar (Gn.39:7-8). Embora estejamos sozinhos, Deus todo sabe e tudo vê. (Pv.15:3)

QUANDO É PRECISO DOAR ALGUMA COISA - Se o crente quer ser aprovado pelo Senhor, então tem de doar o amor.  Aprender a amar a Deus e ao próximo (Rm. 13:8)

QUANDO TUDO VAI BEM - Algumas pessoas, por estarem empregadas e ganhando um ótimo salário, logo começam a rejeitar o Senhor.  Mas quando estão atravessando algum momento difícil em sua vida, tornam-se mais fervorosas na igreja. Muitos citam a história de Jó como um homem sofredor que não negou a Deus.  Mas esse patriarca também foi um homem piedoso que oferecia contínuos sacrifícios ao Senhor (Jó.1:5)

QUANDO A VIDA DO CRENTE ESTÁ EM RISCO POR CAUSA DA FÉ -  Foi o caso de Sadraque, Mesaque e Abednego, que foram lançados na fornalha porque não queriam adorar a estátua de Nabucodonosor (Dn.3:12-22). Pedro e João foram pressionados porque levantaram o paralítico na porta formosa (At. 4:18-31)

QUANDO CHEGA A HORA DE RENUNCIAR - Foi o caso de Moisés (Hb.11:24) que recusou ser chamado filho da filha de Faraó para sofrer com o povo de Deus no deserto.  Também foi o caso de Daniel, os inimigos investigaram a vida de Daniel e não encontraram nenhum delito nesse profeta, e então armaram um embuste para lançá-lo na cova dos leões.  A fé de Daniel contagiou o imperador. O profeta renunciou a sua posição como primeiro governador da Babilônia para ser jogado na cova dos leões. Paulo também poderia tornar-se uma grande autoridade entre os judeus. Era um erudito, mas ele considerou tudo isto como esterco (Fp. 3:7,8)

QUANDO O SEU TESTEMUNHO É QUESTIONADO - É quando precisamos testemunhar daquilo que somos e cremos e se a nossa vida condiz com o que pregamos. A vida de Paulo era conhecida por todos os judeus. O rei Agripa queria conhecê-lo, porque tinha ouvido noticias sobre ele. Este rei falou: “por pouco me persuades a me tornar cristão” (At.26:28) Ate os demônios conheciam quem era Paulo (At. 19:15)

QUANDO O REINO DE DEUS É PRIORIZADO - Quando priorizamos o Reino de Deus, tudo vai bem na área psicológica, emocional, material e biológica.  Jesus disse que Deus supriria todas as nossas necessidades se o Reino de Deus fosse priorizado.  O Reino de Deus não é comida nem bebida (Rm. 14:17)

CONCLUSÃO:

Vida no altar é uma biografia marcada por sacrifícios de louvor.  Deus só aceita esses sacrifícios quando tudo estiver tostado. O holocausto aponta sempre para a vítima toda carbonizada. O fogo no altar consome a carne e a gordura, enquanto o suave cheiro sobe como aroma agradável diante do Senhor. 

Todos os provados e aprovados pelo fogo são bombeiros graciosos em potencial a serviço do Cordeiro, em benefício dos afligidos pelas chamas. Se você estiver sendo carbonizado é porque será usado como instrumento da graça em favor dos atormentados deste mundo de tantos incêndios.

Glória ao Pai pelo tratamento do fogo purificador. Quando somos acrisolados é porque estamos sendo preparados para um uso sagrado de maior intimidade com Aquele que se revela como o fogo consumidor. 

POR ISSO, RECEBENDO NÓS UM REINO INABALÁVEL, RETENHAMOS A GRAÇA, PELA QUAL SIRVAMOS A DEUS DE MODO AGRADÁVEL, COM REVERÊNCIA E SANTO TEMOR; PORQUE O NOSSO DEUS É FOGO CONSUMIDOR. - Hebreus 12:28-29.

POSTAGEM MAIS ACESSADAS:

O OBREIRO E A ÉTICA NO PULPITO

O TABERNÁCULO E SUAS MEDIDAS:

EXISTEM 4 TIPOS DE TEMPERAMENTOS! VOCÊ CONHECE SEU TEMPERAMENTO?

PASSOS DA FÉ - Marcos 11:22 - 24

AGEU - O PROFETA DA CONSTRUÇÃO DO TEMPLO